BEM VINDOS

BEM VINDOS A TODOS; CURTAM BASTANTE

quarta-feira, 8 de junho de 2011

NOTAS ATUALIZADAS

VC NÃO PODE FICAR DE FORA...

EM BREVE ESTAREMOS DIVULGANDO AS OUTRAS ATRAÇÕES...
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL;;;
BANDA NOVA ROTA
***********************************************************************


Órgãos do município desocupam Machadão

Embora sem data divulgada para a demolição do Estádio João Machado, o Machadão, que dará espaço a Arena das Dunas para o Copa do Mundo de 2014, a Prefeitura do Natal iniciou a desocupação das entidades e serviços instalados no prédio. Desde a última segunda-feira, dia 6, a Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) está funcionando no Ginásio Nélio Dias, na Zona Norte de Natal. No local, ainda há equipamentos de fisioterapia embalados aguardando a remoção para o novo endereço, além de portas, janelas e prateleiras que serão reutilizadas em outras repartições públicas. O box para solicitação e emissão de identidades estudantis, que funcionava nas dependências da Sejel, foi desativado no último dia 31 de maio.
Emanuel AmaralEmpresa baiana OAS está desmontando o Machadinho, que já se encontra totalmente desocupado
Empresa baiana OAS está desmontando o Machadinho, que já se encontra totalmente desocupado
Outros serviços, como a sede da Defesa Civil de Natal, deve iniciar mudançaaté a próxima sexta-feira. Os preparativos por sua vez, não começaram a ser feitos. A previsão é que o prédio passe a funcionar junto com a Secretaria de Tributação do Município. A Associação dos Cronistas Desportivos do RN, segundo um vigilante do local, deve iniciar a retirada de equipamentos também esta semana.
Esta fase do processo, explica o secretário extraordinário de assuntos relativos a Copa de 2014, Demétrio Torres, faz parte do cadastramento de bens e serviços que funcionavam nos dois equipamentos. "Estamos esperando que a prefeitura desinstale os equipamentos, transfira os serviços. O ideal seria que nos entregasse só o terreno", disse Demétrio Torres, sem confirmar o prazo dado a Prefeitura para o fim da remoção.
O secretário participou na tarde de ontem de audiência pública, na Assembleia Legislativa, onde foi questionado por deputados sobre os prazos e execução de obras para a Copa do Mundo. Sem citar datas, Demétrio Torres assegurou que não há atraso no cronograma.
Um dia após iniciar as obras para demolição do Ginásio Humberto Nesi, mais conhecido com Machadinho, ainda é possível perceber o dano ao patrimônio público causado pela ação de vândalos e do abandono do poder público. Não há qualquer aparato que impeça a entrada no Machadinho.
No interior do ginásio, somente os placares eletrônicos permanecem no local. Vidraças quebradas, portões e grades arrancadas e retorcidos, restos de mobiliário e muita sujeira são facilmente encontrados em uma volta rápida nas arquibancadas e nas laterais do Machadinho. As cinco federações desportivas estaduais sediadas no Humberto Nesi foram transferidas para o Ginásio Nélio Dias.
O movimento de operários e tratores da empresa baiana OAS, responsável pela construção da Arena das Dunas, que fazem a terraplanagem para cercamento do Largo do Machadão ainda é tímido. Parte da estrutura existente hoje, segundo Demétrio Torres, será reutilizada em fases da construção da Arena, ou mesmo reaproveitada pelo Município em prédios públicos.
Publicação: 08 de Junho de 2011
Publicidade

Receita libera consulta ao 1º lote de restituição 2011

Brasília (AE) - A Receita Federal libera hoje, a partir das 9h, a consulta ao primeiro lote de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física exercício 2011. Segundo informações do órgão, o lote será multiexercício, com restituições também referentes aos anos de 2010, 2009 e 2008. O valor a ser restituído estará à disposição do contribuinte no dia 15 de junho.
Para saber se teve a declaração liberada, a pessoa física pode acessar a página da Receita na internet
Para saber se teve a declaração liberada, a pessoa física pode acessar a página da Receita na internetPara o exercício 2011 - cujos números por estado não foram divulgados - serão creditadas restituições para um total de 1.509.186 contribuintes no país, num total de R$ 1,9 bilhão, já acrescidas de 1,99% referente à taxa Selic do período maio e junho. Nesse primeiro lote, em cumprimento ao Estatuto do Idoso, cerca de 1,3 milhões de restituições referem-se a contribuintes da terceira idade, totalizando cerca de R$ 1,6 bilhão. O que "sobra" é pago para contribuintes que entregaram primeiro a declaração do IR.
No Rio Grande do Norte, ao todo serão pagos R$ 24 milhões 895 mil, a 19.192 contribuintes - considerando os quatro lotes. Não foram divulgadas informações específicas para o exercício de 2011.
Consulta Para saber se teve a declaração liberada, a pessoa física deve acessar a página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov br) ou ligar para o Receitafone 146. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte deve entrar em contato com qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.
A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante preenchimento do Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição - disponível no site da Receita, ou diretamente no e-CAC, no serviço Declaração IRPF.
As restituições são liberadas anualmente em 7 lotes, no período de junho a dezembro. No Rio Grande do Norte, 246.800 declarações do Imposto de Renda foram recebidas este ano pela Receita Federal. Desse total, 12.170 ficaram retidas na malha fina. Os contribuintes que estiverem nessa situação podem checar os motivos e tentar se regularizar por meio do site do órgão. Só após regularizar a situação é que eles poderão ser incluídos entre os contemplados nos lotes de restituição.
Política
Edição de quarta-feira, 8 de junho de 2011
Protesto mira o centro do poder
Com bandeiras vermelhas e slogans revolucionários, manifestantes fecham sede da Prefeitura de Natal e acampam na CMN



O terceiro protesto com o tema "Fora Micarla", realizado na manhã de ontem, atingiu diretamente, pela primeira vez, a administração municipal. Os palácios Felipe Camarão e Djalma Maranhão, sedes da Prefeitura e da Câmara Municipal de Natal (CMN), respectivamente, foram esvaziados com a chegada dos cerca de 200 manifestantes que caminharam pelo Centro e por Petrópolis. Pedindo o impeachment da prefeita Micarla de Sousa (PV), os manifestantes chegaram a ocupar o plenário e, após o cancelamento de uma audiência pública sobre as Unidades de Pronto Atendimento (UPA), o pátio da casa legislativa. No turno da tarde, os dois edifícios funcionaram normalmente.

Passeata reuniu estudantes, sindicalistas e militantes de esquerda; A chuva forte que caía sobre Natal não inibiu os participantes do movimento, que saíram da Praça Cívica, em Petrópolis, até a sede do executivo municipal, debaixo de muita água. Vigiados por agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) e por policiais militares, os manifestantes, em sua maioria jovens estudantes secundaristas e universitários, marcharam sem problemas. Para Matheus Cavalcanti, 15 anos, estudante do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), a presença da população é essencial. "Apesar de estar perdendo aula no IFRN, acredito que estar no protesto é muito importante. Todos estamos indignados com a situação em que Natal está", afirmou Matheus.
Vestidos com camisas vermelhas, com a estampa de Che Guevara ou do cão Mutley (desenho animado norte-americano), vários manifestantes do movimento, que contava com integrantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), da União Nacional dos Estudantes (UNE) e do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), dentre outros, procuravam demonstrar o caráter supostamente apartidário do movimento.
"Não podemos continuar aguentando este sofrimento, que vem por três anos. Este movimento inédito, apartidário, unindo todas as correntes, unindo o povo, é a resposta a essa administração", disse Richard Dean, 23, estudante universitário. Questionada sobre o protesto, a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Natal afirma que a atual administração respeita o direito democrático de a população se manifestar, contanto que não haja ofensas nem depredação ao patrimônio público. À tarde, os manifestantes continuaram na Câmara, alguns acampados em barracas.
Bandidos tentam explodir caixa-eletrônico do Bradesco em Nísia Floresta
Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR, com informações do repórter Paulo de Sousa
Um caixa - eletrônico da agência do Bradesco do município de Nísia Floresta, situada a 35 km de distância de Natal, foi danificado por homens não identificados por volta das 3h40 desta quarta-feira (8), durante uma tentativa de explosão visando o roubo das cédulas. De acordo com o tenente Mussoli, oficial da Polícia Militar em serviço, os explosivos não foram suficientes para a violação, o que levou os bandidos a fugirem do local.
Segundo o tenente Mussoli, os policiais militares faziam um patrulhamento no centro da cidade, quando visualizaram parte da agência destruída, o que resultou na chegada de viaturas ao local, porém, sem a presença dos responsáveis pela ação. Ainda segundo o tenente, os bandidos devem ter notado a proximidade da polícia, desistiram de uma nova tentativa de explosão diante do horário e fugiram com destino ignorado.
A Polícia Militar destaca que nenhuma testemunha presenciou a ação dos bandidos, principalmente, diante do horário. Diligências ainda foram realizadas pela área, mas nenhum suspeito foi encontrado.

"Chuva de Bala no País de Mossoró” pretende reunir cerca de 20 mil pessoas por apresentação

igreja_sao_vicente

Quase tudo pronto para a décima edição do espetáculo "Chuva de Bala no País de Mossoró". A produção faz os últimos ajustes para o início das apresentações nesta quinta-feira, 9. A expectativa é que cada encenação realizada no adro da Capela de São Vicente reúna público de cerca de 20 mil pessoas.O assistente de direção Júnior Félix conta que 90% do figurino já está pronto. Segundo ele, resta apenas algumas peças serem finalizadas. "O elenco até começou os ensaios no local da apresentação. Estamos nos preparativos finais para a apresentação do espetáculo", diz.Júnior Félix explica ainda que este ano, além das mudanças no elenco, novos diálogos foram incluídos a partir da releitura do texto de Tarcísio Gurgel. "Entre as novidades, o vice-reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), Aécio Cândido, interpreta o prefeito Rodolfo Fernandes e o ator Jason Leonardo fará Lampião", revela.
O espetáculo tem direção musical de Danilo Guanais. As apresentações ocorrerão de quinta a domingo, a partir das 21h, até o dia 26 deste mês, no adro da Capela de São Vicente.Ao todo, o "Chuva de Bala..." conta com a participação de 200 pessoas, sendo 60 atores e 20 crianças do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), que se revezam no palco de 510 m², montado no adro da capela. "O diretor-geral João Marcelino abriu este ano mais espaço para os artistas de grupos teatrais da cidade", frisa o assistente de direção.
História
A encenação retrata o confronto entre a população de Mossoró e o bando de Lampião, que ocorreu no dia 13 de junho de 1927. Lampião dividiu o bando em três grupos. Um atacou a casa do prefeito; outro a estação ferroviária; o terceiro rumou para o cemitério. Com a resistência armada, o bando recua cerca de uma hora após o início do conflito. Ficam para trás Colchete, morto, e Jararaca, ferido, que foi assassinado no dia seguinte.

Com a frustrada tentativa de invasão e boa parte do bando ferido, Lampião fugiu do município com destino ao estado do Ceará. O ato de heroísmo deu a Mossoró o título de única cidade do Nordeste a resistir e expulsar Lampião e seu bando.